quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Casinha de Sapê


Quando comecei a escrever  me veio uma dúvida , devia começar assumindo que te amo?Ou melhor que isso, devia começar assumindo meus erros e deixando meu orgulho de lado para depois quem sabe realmente amar alguém.
Me perdoa pelo  meu orgulho bobo não me deixar entender que em qualquer relação é preciso ceder, por amor e não  fraqueza. Me perdoa pela minha cobrança mesmo sendo nossos primeiros momentos, eu sou tão neurótica que quando percebo que alguém gosta de mim, viro louca e acho que devo testar  a todo momento: cobranças, posse, brigas por motivos banais.Porque se aquela pessoa  diz me amar, ela vai agüentar tudo, eu preciso de provas porque na minha cabeça não acredito que alguém seja capaz de me amar de verdade. E sigo assim, é a minha maneira de me boicotar,lá nu fundo eu sei que você é humano e todo esse teatro cansa.
Me perdoa por sentir demais, cansei de ser a louca romântica que deposita todo o seu peso nos outros, da minha boca irá sair só risadas e coisas leves. Você não precisava saber do  medo que eu tenho de ser  sozinha, do meu desejo precoce de ser mãe,minha gastrite que surge quando brigamos ,e todas as outras neuras que eu acho que devo compartilhar, mesmo sabendo que tudo isso assusta.
Me perdoa por te fazer esperar tanto tempo, e só depois perceber o quanto você era maravilhoso, eu queria ter percebido o que eu tinha quando você ainda era meu. Afinal comigo sempre foi tudo ao contrário eu funciono como a letra daquela musica que diz ‘’ dizem que sou louco, por eu ter um gosto assim, gostar de quem não gosta de mim...’’.

10 comentários:

  1. Lindo texto !

    Mais tem horas que não adianta mais perdir desculpas o negócio é seguir em frete e mudar o q é preciso.

    BJinhos

    Visite e siga o meu blog http://ousadia-tamiresdelrey.blogspot.com/


    Não tô conseguindo seguir , mais depois volto e tento denovo ^^

    Bjinhos

    ResponderExcluir
  2. Amar é difícil; mas quem disse que ser amado também não é?
    Gostei do teu texto, melhoraria se pensasse que ninguém foi teu.
    http://costabbade.blogspot.com/2011/09/os-preteritos-de-um-futuro-verde.html

    ResponderExcluir
  3. Tão lindo...
    E com certeza, nunca se é tarde para assumir todos nossos sentimentos, mesmo que o medo nos domine!

    Beijinhos

    ---
    www.jehjeh.com

    ResponderExcluir
  4. Amar é mesmo um tanto complicado =P

    ResponderExcluir
  5. Lindo seu texto.Nos deixa sem o que dizer. O amor é algo assim, complicado, na verdade, complicado por nós que temos medo e orgulho. Mas as vezes precisamos nos machucar para ver o que realmente vale a pena e se o amor é amor de verdade.
    ;**

    ResponderExcluir
  6. olá, tudo bem? me dá uma força num concurso literário? é só comentar! http://lluaraq.blogspot.com/2011/09/ate-breve.html

    ResponderExcluir
  7. Oie!

    Estou passando em todos os blogs que eu seguia e m

    seguia para dizer que meu blog mudou. Tive que fazer

    uma outra conta porque a minha antiga deu problemas

    com invasão de vírus. Aconteceu comigo e vários outros

    blogs.

    Entao venho te convidar a seguir meu novo cantinho, o

    www.queiratocaroceu.blogspot.com

    Estarei colocando posts do outro e mais novos também.

    Fiz também uma página do meu blog no Facebook,caso

    vocÊ tenha Facebook, você além de seguir meu blog,

    pode também curtir a página na caixinha do lado

    direito do blog.

    Bom, é isso. Vou ficar super contente em te ver meu

    novo cantinho, então, não deixa de passar lá, ta?!

    Beijos!!!

    Luciana Mira

    ResponderExcluir
  8. Olá :)
    Tô passando pra te mostrar o meu novo blog, http://artenarotina.blogspot.com
    Ele é uma forma de jornal virtual completamente voltado pra cultura; então vale a pena seguir e conhecer ótimas dicas de livros, filmes, músicas e artistas!
    De qualquer jeito, mt obg pela atenção.

    ResponderExcluir
  9. Amor e orgulho não combinam. Definitivamente.

    ResponderExcluir